quarta-feira, 24 de junho de 2009

Homens " cortados ao meio"...e a Matemática



leia aqui

1 comentário:

João disse...

O artigo é interessante, mas, pela minha experiência, também se aprende a gostar de ensinar. E há quem tenha sonhado toda uma vida em ser professor e se tenha desiludido no primeiro dia.
Sem dúvida que há gente que não gosta do que faz, mas talvez também porque o ensino está demasiado burocratizado e com demasiadas "pedagogices", indisciplina e boçalidades. Por vezes é quase necessário um espírito de missionário, tamanhos são os entraves.