quarta-feira, 29 de abril de 2009

Vidas de Gato!

Pareço um gato!





Acho que levo os dias a miar ( de vez em quando soltos uns ais! ) e de vez em quando saio do meu ronronar ( minhas actividades ) e chateio aqui o pessoal em casa ! ( pedidos de atenção e recados!)


Os dias são longos e por isso ocupo-os com muitas actividades, bom com aquelas que me são possíveis fazer, em virtude da situação em que me encontro!

Tenho pena de não ter o scanner ao lado, não poder pintar, mas paciência, leio, leio, oiço música, escrevo alguns post ( talvez mal escritos visto a minha cabeça ainda estar zonza e a tentar lutar contra as dores! É um exercício engraçado a que me habituei já há muitos anos a lutar contra a dor ou a minimizá-la e consigo!) mas continuando com os meus entreténs, converso com amigos que me visitam, que me telefonam, e acima de tudo acho que chateio a minha família!

Sorry! Sorry! Sorry!

Estar inoperante é muito muito mau, depender dos outros para tudo ...

Enfim são as vicissitudes da vida que ocorrem e se formos inteligentes servem para se estreitarem laços !

Lembrei-me, esta manhã, de partilhar o livro que estou a ler ( oferta do meu filho F ) e da música que vou ouvindo, baixinho, para que a minha cabeça não fique muito cansada!

Ora aqui vai :

Yalom, Irvin D.

"... O diagnóstico de um câncer maligno força o renomado psiquiatra Julius Hertzfeld a fazer um balanço de sua vida e de seu trabalho. A depressão e a tristeza dá lugar à vontade em rever pacientes antigos e à pergunta: será que seu trabalho fez alguma diferença na vida dessas pessoas? Neste novo romance do psiquiatra e escritor de best-sellers Irvin D. Yalom, o leitor irá acompanhar um embate emocionante entre pacientes e terapeuta, em que cada um expõe seus medos, defesas e fraquezas e aprendem a serem mais humanos e felizes."

E uma música logo pela manhã:

Michael Bublé - Everything



E outro sítio pelo dia fora, claro que só com Jazz!

JAZZ COM BRANCAS
José Duarte
Tons de Jazz


UM TOQUE DE JAZZ
Manuel Jorge Veloso
Tons de Jazz

e sempre o amigo do F e do P
André Matos e Sara Serpa

Sem comentários: