domingo, 5 de outubro de 2008

Pensamento lógico...porque hoje é dia do professor!

Igreja da Polana, em Maputo ( Lourenço Marques!)

Igreja ao lado da Escola Primária da Nevala, onde fiz a instrução primária!

Hoje lembrei-me de alguns professores , excelentes!

Uns foram meus, outros convivi com eles e a todos a minha gratidão!

E porque um deles , o meu pai, me colocava muitas questões e problemas, hoje lembrei-me de vos contar que....

Para os gregos a geometria acabou por tornar-se numa ciência puramente teórica e lógica, alvo de estudo profundo quase só pela beleza da sua estrutura.

Nos dias de hoje, o estudo da Geometria e da Matemática em geral tem um grande interesse prático pela aplicação das suas verdades na resolução de problemas de engenharia, de arquitectura, de física de biologia, e de outras ciências.

Contudo, para além desta imensa aplicabilidade tem um interesse muito grande na escola, junto dos jovens, na educação do pensamento lógico e do raciocínio correcto.

Com 6 Fósforos 4 Triângulos ? Como?

Desta forma desafio-vos a construírem com 6 fósforos todos iguais, quatro triângulos equiláteros, sem partirem qualquer fósforo!

E porque é muito importante estruturar o pensamento lógico e o raciocínio correcto, resolvam este problema:

Os 7 Navios

C.Laisant

Certa vez, já lá muitos anos, por ocasião de um congresso científico, e no fim de um almoço em que se encontravam reunidos vários matemáticos conhecidos, alguns deles ilustres, pertencentes a diversas nacionalidades, Eduardo Lucas anunciou que lhes iria propor um problema de matemática, e dos mais difíceis.

- Suponho - começou o ilustre geómetra- é infelizmente uma simples suposição que todos os dias ao meio – dia , parte do Havre para Nova York, um navio e que, à mesma hora, parte um paquete da mesma companhia, de Nova York para o Havre.

A travessia é feita sempre em sete dias, tanto num sentido como no outro.

Quantos navios dessa companhia, seguindo a rota oposta, encontra, em caminho, o paquete que parte do Havre hoje ao meio-dia?

Alguns ilustres ouvintes responderam estouvadamente “ Sete”.

Outros ficaram silenciosos como se a questão os surpreendesse.

Não houve um só que apresentasse a solução exacta!

Tenta resolver este problema, elabora esquemas, eles ajudar-te-ão, mais do que a estes matemáticos, que se esqueceram de “ver”!!!

Sem comentários: