domingo, 28 de outubro de 2007

Escalas redondas?

Não conseguimos scanner A3 e tão pouco a máquina fotográfica captou boas imagens....

Talvez um dia destes se consiga obter uma boa fotografia da Terra e da Lua na folha A3
Mas aqui se deixa a resolução de alguns dos alunos que mostraram interesse e perplexidade perante os resultados.
























Mas, perplexos ficámos com a escala"redonda" do grupo 6!


Leiam, por favor. Compreende-se e creiam que todos os dias estes meninos compreendem quanto é necessário o uso correcto do conceito e da linguagem!


Fizeram um bom trabalho e uma boa apresentação oral.


Receberam os parabéns dos professores Margarida (Mat) e Rodrigo (F.Q).










sábado, 27 de outubro de 2007

A Terra e a Lua no papel? Como?

É isso mesmo! Como representar a Terra e a Lua numa folha A3?

Esta foi a tarefa colocada às turmas A e E.

Tinham 90 minutos para resolver, em grupode 4 alunos, a tarefa e outros 90 minutos para apresentarem à turma o seu trabalho e responderem a questões que lhes seriam colocadas.
Fig1-Mosaico dos planetas so sistema Solar,
incluindo a Lua.Os planetas não se encontram à escla.
Créditos:NASA/JPL
O que lhes foi dado?
A folha A3, a distância da Lua à Terra, o diâmetro da Terra e o diâmetro da Lua.

- A escala! Precisamos da escala!
- Qual é stora?
- Essa é a grande questão!
Medições, discussões...
Rascunhos e rabiscos,
Descrever o processo? Como pensámos? Escrever?
Desistências!
Consulta dos livros de Geografia...dos livros de Matemática...
Ah, já está!!!
Nuno- "Pensámos assim: temos que medir a diagonal da folha e sobre essa linha temos que desenhar a Terra(d=12 800 Km), , a Lua (d=3400Km)e a distância entre elas ( 384 000 km), o que perfaz 400 200 km, aproximadamente. Então a escala está feita. Utilizamos a regra de 3 simples! Está certo não está? Mas o problema foi que reduzimos ao cm e tinhamos muitos zeros!!! "
Mónica- "Pensámos assim: temos 51 cm de diagonal para desenharmos a Terra, a Lua e a distância, mantendo as proporções. Então como tenho 400 200 Km para representar, fui experimentar a escala de 1/1 000 porque 400 200Km tem 3 zeros. Mas não deu! Então como 1Km são 10 000 cm e temos que reprsebtar em 51 cm, então a escala vai ser 1/10 000!"
Carlitos - " Fomos por tentativas, usando a escala de 1/1000, porque temos 384 000 Km, de distância entre a Terra e a Lua, fizémosos cálculos e não deu. Depois experimentámos 1/ 10 000 Km, já deu! Mas não nos esquecemos dos diâmetros!"
- Esperamos agora o scanner para colocar aqui as folhas A3-
mais ESCAAAAAALAS!
- É sempre um problema de escalas!- disse-me o Paulo
- Então não vivemos sem escalas? - pergunta o Frederico
- O quê?- questiona a Luz- resolvemos tudo com a regra de 3 simples!
É tudo Proporcionalidade Directa?
- Não!- um dia mais tarde, veremos isso.- disse

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Dia de muitas experiências....

A turma A começou com a resolução de uma ficha.

3 problemas! Do manual... Já os tinham feito!

Uns portaram-se bem, outros menos bem...

Aos poucos vão tomando consciência que é necessário trabalhar.

É muito, mas mesmo muito importante!

Na turma E, também parecia 6ª feira, e ainda estamos em 3º feira....

Trabalharam devagar, devagarziiiiiiinho!!!

Estão cheios de testes, e não tiveram tempo de passar a limpo os trabalhos que já foram fazendo e já estão corrigidos.

Aguardo-os. Porque há mais !

Hoje fiz uma visita à turma C. Afinal fiquei por lá! Ajudei a professora e os alunos.

Gostei muito de ver os meus meninos a trabalhar.

O D, o G, o T o D, a L e a F.

E mais ainda quando a professora me referiu o bom desempenho do D e do T.

Ai que satisfeita fiquei!!

Mas G, deixa-me dizer-te: fiquei contente ao constatar que resolvias bem os problemas. Aprendeste G! Continua!



Hoje fui ao Moodle e ....Mensagem: Quinta, 18 Outubro 2007
Mariana Chuva [09:55 ]: ola stora esta tudo bem???as aulas estão a ser muito interessantes a professora tem muita exprecividade em explicar as coisas!!!parabens

Fico contente. Obrigada!


`Esta semana, espero, ainda ter tempo para colocar aqui uns trabalhos que se fizeram na turma E. ( reuniões, reuniões...... não dá tempo nem para meditar sobre o que se anda a fazer!)


Representar numa folha A3 a Terra e a Lua!!!





http://www.vladstudio.com/

sábado, 20 de outubro de 2007

Triângulos, vistos por quem aprende!

Os alunos já sabem que depois de serem introduzidos e trabalhados um ou dois conceitos, que é a vez deles construirem e resolverem um problema para cuja resolução seja necessária a utilização desses conceitos.
No 7º ano foram inventados problemas geniais!
Cada aluno comunicou à turma o seu problema e algumas resoluções foram discutidas!
Conseguiu-se passar uma mensagem muito importante: a utilização correcta do conceito é fundamental na resolução de um problema!
Outra, há problemas que podem ser resolvidos por processos diferentes! Esta metodologia de trabalho permite, sem dúvida, reduzir experiências negativas da aprendizagem da Matemática, permite ouvir-se:
- professora, consegui! Já sei resolver problemas! Já gosto de Matemática!
Neste primeiro mês de aulas surgiram já vários problemas dos meus alunos do 8º ano.

" Inventar um problema para cuja resolução seja necessário a utilização do conceito de mediana de um triângulo e suas propriedades e a utilização do Teorema de Pitágoras no plano" com a respectiva resolução.

Na turma E, a maioria coopera lindamente. É um gosto observar a atitude destes alunos!

Vão longe...

À semelhança do ano passado os trabalhos dos alunos são publicados no Moodle da escola, bem como no Jornal da Matemática que com eles produzo e se publica no Moodle.

Este ano, a pedido deles, alguns coloco aqui:

Alguns do ano passado.

Problema criado pela turma.






































Alguns deste ano!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Hoje, na aula de apoio...

Hoje tivémos duas visitas : a Luisa e a Francisca. O Miguel ficou na aula.

Tinhamos que trabalhar sobre o Teorema de Pitágoras.

Canja! disseram.
Mas o arrepio veio com o problema:


Determina x na figura

Com umas dicas aqui, outras ali, lá conseguiram resolver o problema.

Ficaram radiantes!

Mas agora tinham uma nova figura e mais uma vez havia que determinar x.






Ficaram perplexos quando lhes disse -Têm dois processos!
- Dois processos? disse o Gui
- Não usamos o Teorema de Pitágoras? perguntou a Luisa.
- Sim, mas podem usar o Teorema de Tales! disse eu!
- De quem? De Tales? Não, stora, esse não conhecemos, disse o Duarte, que acordou de um momento para o outro! ( Afinal estava atento!!!)
Bom, pergunta aqui, pergunta ali, estava certo que desconheciam Tales de Mileto e o seu Teorema.
Comecei a contar a história....
6 pares de olhos bem abertos, fascinados com a História da Matemática!
Tales teve que determinar a altura da Pirâmidede Queóps!


Tivémos tempo para comprovar o Teorema de Talles.



Estava Sol!
A nossa sombra ainda era bem visível, mas menor que a nossa altura.
- Claro, disse a Mariana, está a aproximar-se o meio-dia!

Que pena tivémos em não termos uma máquina fotográfica! Os nossos telemóveis ficaram na sala de aula.....
Com a História do Teorema de Tales, o Gui perguntou, o que é Queóps?
Cairam-lhe em cima. Não sabes? As pirâmides de Gisé?
- De quem? de Gisé?, nunca ouvi!-disse o Gui.

- Sim, pirâmides! Sólidos geométricos que têm faces laterais que são pirâmides- disse o tiago, fazendo a forma da pirâmide com as mãos.

- O ano passado em História, Gui, não te lembras?-perguntaram os rapazes.
- Não! Não sei do que estão a falar. Sei que no Egipto há pirâmides, nada mais!

- Bom Gui, não te aflijas, ainda vais a tempo de aprender e como já não tens o livro do 7º ano, aqui tens um pouco de História.

Pirâmide de Queóps , a grande pirâmide de Gisé
As pirâmides egípcias são imponentes edificações construídas inicialmente por volta de 4 mil e 500 anos atrás. Estas edificações eram erguidas como um monumento à memória dos faraós já mortos, sendo também as suas monumentais tumbas.

Os corpos dos faraós, embalsamados, encontravam -se protegidos no interior das pirâmides. Acreditava-se, no Egito antigo, que o resguardo do corpo dos faraós na pirâmides assegurar-lhes-ia a vida eterna. Nas pirâmides, havia a câmara destinada ao sepultamento do faraó, e outra destinada à sua rainha.
Há explicações que dizem que a forma das pirâmides poderia significar uma ascensão do faraó para junto dos deuses, como se pode depreender do formato das primeiras pirâmides construídas (em degraus, como uma escada para os céus) ou ainda poderia significar a representação dos raios solares que se dirigiam à figura iluminada do monarca. Porém, todas estas hipóteses residem apenas no campo das especulações, pois não há nenhum indício documental dos motivos pelos quais as pirâmides eram construídas dessa forma.

As maiores pirâmides construídas foram as de Giza , erguidas por volta do ano de 2550 a. C. A maior delas é a pirâmide do faraó Khufu (Quéops), de altura máxima de 147 metros, e comprimento lateral da base de 230 metros.
Cerca de 2.300.000 blocos de pedra foram empregues na sua construção.

O interior da pirâmide de Khufu (Quéops) possui uma impressionante rede de passagens, galerias e câmaras secretas.
As pirâmides são monumentos documentários da grandeza da civilização egípcia antiga, tendo resistido ao tempo e às condições climáticas do deserto.
Após Quéops, as pirâmides continuaram a ser construídas por mais de mil anos, mas em versões mais modestas. Seu filho, Quéfren, e seu neto, Miquerinos, construíram suas pirâmides também em Gizé. Quéfren esforçou -se por ofuscar o feito de seu pai. A sua pirâmide, ainda que menor, aparenta maior tamanho devido à sua inclinação e por estar baseada em solo mais alto, sendo às vezes confundida com a Grande Pirâmide.

Ao longo dos séculos seguintes, as pirâmides passaram a ser construídas de forma mais simples e padronizada. Materiais menos resistentes levaram ao seu desgaste mais rápido e a maior parte encontra-se, hoje, em péssimo estado.

Com uma menor disponibilidade de materiais e a evolução teológica da cultura egípcia, as pirâmides foram eventualmente abandonadas e substituídas por templos mortuários como os encontrados na cidade de Tebas e no Vale dos Reis ,onde foi descoberta, por exemplo, a famosa tumba do faraó Tutankamon.
Diz um provérbio árabe que :
"o tempo ri de tudo: mas as pirâmides riem do tempo".
in"http://www.algosobre.com.br/historia/piramides-egipcias-as.html"

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Continuando com Pitágoras

O ano passado o 7A e o 7E ficaram fascinados com a história do Teorema de Tales.


A Luz até fez um livrinho!
Está publicado no moodle da turma.
Agora aguardamos a História do Teorema de Pitágoras!
Será a Cláudia que a vai fazer!?


Óptimo, Cláudia!





Demonstração animada do Teorema de Pitágoras

www.vladstudio.com















Sem calculadora



Pensem nisto!

Uma ajudinha.... 12= 10+2 21= 2 * 10 + 1

21 * 12 = (2 *10 + 1 ) * (10 + 2 )
= (20 * 10 ) + (20 * 2 )+10 + 2
= 200 + 40 +10 + 2
= 252

Não vos parece ser mais fácil usar o algoritmo que a profesora prtimária vos ensinou?

21
* 12
____
42
+21
_____
252

Experimentem com outros números!

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Quase 1 mês.....





É isso mesmo, já lá vai 1 mês que nos voltámos a encontrar nos corredores da escola...



Rita Oliveira Dias

Olá professora! Olá,Diogo, Olá Nuno!,Olá Sofia!


Na sala de aula com a turma A e E do 8ºano.


Projectos, muitos, vários, eles gostaram.....

TIC-JOVEM
Problema do Mês
Blog da turma
Aulas no Moodle
Quadro Interactivo.....

Mas nas aulas de Matemática:

Agora que se encontraram com Pitágoras,

adoraram!
Muito navegam no moodle da turma....

Pedir é o verbo que têm conjugado, mais jogos professora, mais sites para conhecermos...





Aqui vos deixo então:

Pensamentos de Pitágoras


Educai as crianças e não será preciso punir os homens.
Não é livre quem não obteve domínio sobre si.
Pensem o que quiserem de ti; faz aquilo que te parece justo.
O que fala semeia; o que escuta recolhe.
Ajuda teus semelhantes a levantar a carga, mas não a carregues.
Com ordem e com tempo encontra-se o segredo de fazer tudo e tudo fazer bem.
Todas as coisas são números.
A melhor maneira que o homem dispõe para se aperfeiçoar, é aproximar-se de Deus.
A Evolução é a Lei da Vida, o Número é a Lei do Universo, a Unidade é a Lei de Deus.
A vida é como uma sala de espectáculos: entra-se, vê-se e sai-se.

E mais sobre este matemático da antiguidade grega!


Pitágoras, matemático grego, estudou também Numeralogia, ou seja relacionava cada número a um princípio universal, acreditando poder compreender melhor o comportamento humano e o auto-conhecimento.

A numerologia é o estudo do significado dos números e da influência deles no caráter e no destino das pessoas, podendo ajudar a pessoa a conhecer-se melhor.


Conhecendo as suas potencialidades e as suas fraquezas há pessoas que acreditam que terão muito mais facilidade para encontrar um equilíbrio, contribuindo para o seu sucesso e a sua realização nos mais diversos planos (amoroso, profissional,...)

Assim se queres saber qual o número associado ao teu nome e o significado que esse número tem na tua pessoa, consulta:
Digita o teu nome completo e clica em Calcular: