sábado, 16 de junho de 2007

E os professores também aprendem!

A escola parece deserta...



Os alunos do 9º ano e os do 12º ano estão em casa, à volta com os livros, preparando-se para os exames...




Van Gogh, Livros, Estácio, br

Os outros deambulam pela escola, fazem barulho,

já pouco trabalham...

Que farão estas férias?

Será que vão passar horas no computador? a jogar? a jogar o quê?

Irão ler?

Para vos propocionar um ambiente mais interactivo passei 2h no CREC a estudar
com o professor de Educação Visual, o profº Rui Coelho.

Aprendi imenso, ouvindo, estando atenta, tentando compreender tudo o que me
transmitia sobre sites, hiperligações, construção de páginas.....

Uma viagem, um sonho concretizado,

Obrigada Rui!

Os nossos alunos, creio, também irão apreciar o fruto do nosso trabalho.

Já eram 7h da tarde, quando nos vieram perguntar se nos manteríamos na escola
por mais tempo. A escola tinha de fechar....

Uma tarde inteira, a Profª Sofia e eu, construindo uma nova página para a
Matemática na Cidadela.

Ainda não está toda construída, delineada sim!

Leva tempo!

Tudo leva tempo, mas o que é preciso é trabalhar, estudar, aprender, vencer
as dificuldades, partilhar saberes, enfim, percorrer um caminho idêntico ao
que os nossos alunos devem percorrer ao longo da sua escolaridade.


Porque escreve a professora isto ? perguntarão!

- Claro, está sempre a dizer que temos de trabalhar, e trabalhar com
sentido e significativamente..., dirão!

- Tão simplesmente para vos dizer que gozem as férias, procurando
desenvolver actividades que vos porporcionem satisfação e saberes...


A página , bem como o blog que criámos contém sugestões de
actividades de entretenimento/aprendizagem que poderão
ajudar-vos a passar os dias de férias.


Até Setembro....


http://www.vladstudio.com/


Alice no País das Maravilhas http://pt.wikipedia.org/wiki/Alice_no_País_das_Maravilhas

Sugestão de leitura


"Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll


Livro on line http://aventurasdealicenopaisdasmaravilhas.50webs.org/



Este livro é muito importante na medida em que, pelos diálogos estabelecidos

entre as várias personagens, se abordam questões da adolescência, bem

como se estabelecem conexões com a Matemática.

Exemplo:

"A Lebre de Março pegou no relógio e olhou-o com um ar tristonho.

Depois, mergulhou-o na chávena cheia de chá e voltou a olhar para ele.

Mas não sabia dizer mais nada senão repetir:
- Era manteiga da melhor qualidade.
Alice estivera a observar o relógio por cima do seu ombro, com alguma curiosidade.
- Que relógio tão engraçado! Indica o dia do mês mas não indica as horas!

Comentou.
- Porque haveria de o fazer? Disse o Chapeleiro entre dentes.
- O teu relógio indica o ano em que estamos? Perguntou o Chapeleiro.
- Claro que não. Respondeu Alice muito depressa.
- Mas isso é porque um ano inteiro dura muito tempo. Justificou Alice.
- O que é exactamente o caso do meu! Disse o Chapeleiro."




Assinala-se que esta situação deu origem a um

problema que pode ser encontrado num site

matemático onde, todos os meses, se propõem 6

problemas para os cibernautas resolverem (http://www.nrich.maths.org.uk/mathsf/journalf/oct97/stage3.html):




PROBLEMA DOS RELÓGIOS

Para todos


Qual dos relógios regista o tempo mais fielmente?

Um que se atrasa um minuto por dia ou um que não funciona?


Solução :
O relógio que se atrasa um minuto por dia dá a hora exacta de dois em dois anos, pois como se atrasa um minuto por dia só voltará a estar certo depois de se atrasar doze horas, o que só acontece ao fim de 720 dias.
O relógio que está parado está certo duas vezes em cada vinte e quatro horas.
Por isso o relógio que melhor regista o tempo é o que está parado.


PROBLEMA DE LÓGICA
A partir do 11º ano, contudo, outrops mais novos poderão tentar a resolução





Das dez frases seguintes, deduza a única solução a que elas conduzem:




1. Os únicos animais que existem nesta casa são gatos;
2. Todo o animal que é de estimação gosta de contemplar a Lua;
3. Quando detesto um animal, evito-o;
4. Nenhum animal é carnívoro, a não ser que vagueiem durante a noite;
5. Nenhum gato deixa de matar ratos;
6. Nunca nenhum animal falou comigo, excepto quando estão nesta casa;
7. Os cangurus não são animais de estimação;
8. Apenas os animais carnívoros matam ratos;
9. Eu detesto animais que não me falem;
10. Os animais que vagueiam durante a noite gostam sempre de contemplar a Lua.


Solução: Apresentem as vossas soluções, dar-vos-ei a resposta correcta logo de seguida.

Solução:
Represente cada uma das categorias de animais mencionadas por uma letra:
h -> animais que existem nesta casac -> gatosp -> animais de estimaçãog -> animais que gostam da contemplar a Luad -> animais que detestoa -> animais que evitov -> animais carnívorosn -> animais que vagueiam durante a noitem -> caçadores de ratost -> animais que falam comigok -> cangurus
As dez frases dadas podem agora ser representadas simbolicamente, recorrendo à sua estrutura lógica.
1. h => c
2. g => p
3. d => a o que é equivalente a ~a => ~d
4. v => n
5. c => m
6. t => h
7. k => ~p o que é equivalente a p => ~k
8. m => v
9. ~t => d o que é equivalente a ~d => t
10. n => g
Onde p => q tem o significado da relação "se p, então q" e ~p significa "não p".Deste modo, a frase 9. ~t => d, quer dizer "se os animais não falam comigo então eu detesto-os".Ao ligar as dez frases numa cadeia de implicações, resulta:
~a => ~d => t => h => c => m => v => n => g => p => ~kentão ~a => ~k o que é equivalente a k => a o que, em linguagem corrente, quer dizer: eu evito cangurus.

1 comentário:

marta loureiro disse...

O Blog está um espanto....

É de louvar iniciativas assim...